Diálogos, Vol. 20, No 2 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Política e emoções na construção da imagem de Isabel, a Católica (1474-1504)

Adriana Vidotte

Resumo


O artigo propõe abordar a construção da imagem de Isabel, a Católica (1474-1504) aproximando duas perspectivas historiográficas, a história política e a história das emoções. Limita-se à observação das emoções e dos gestos emocionais revelados na articulação da condição feminina de Isabel ao modelo masculino de rei, destacando como tópicos o amor e a autoridade. Focando esses dois tópicos, destaca as emoções reveladas nas crônicas do período e no Testamento da Rainha e os ajustes das manifestações emocionais de Isabel em diferentes espaços sociais. Salienta que as emoções e os modos de expressão emocional foram utilizados não só como formas de expressar sentimentos, mas, sobretudo, como recursos usados para radicalizar uma imagem ideal da Rainha dentro de comunidades emocionais específicas, composta por reis, nobreza e o público ao qual foram dirigidos os escritos.



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

ISSN impresso 1415-9945 e ISSN online 2177-2940