Diálogos, Vol. 15, No 2 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Considerações sobre a retórica musical nos séculos XVII E XVIII e sua aplicabilidade na Sarabande de G. F. Händel - doi: 10.4025/dialogos.v15i2.490

Flávio Apro

Resumo


O artigo focaliza como os arquétipos da retórica clássica foram adaptados e praticados pelos músicos renascentistas e barrocos. A abordagem do contexto retórico ilustrará como funcionavam o sistema de regras da retórica, sua sistematização e seus gêneros. A delimitação do contexto sociocultural permitirá uma interlocução entre os estudos nas áreas de música e história. As diferenças estilísticas serão abordadas no uso da retórica clássica em diferentes lugares da Europa Ocidental. O artigo traz uma exemplificação prática do sistema retórico musical sobre uma obra de G. F. Händel.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

ISSN impresso 1415-9945 e ISSN online 2177-2940