Skip to content

UEM - Universidade Estadual de Maringá


Índice de Sites
Você está em: Home

Empresários se reúnem com reitoria e visitam Agência Inova UEM Imprimir E-mail
08 de agosto de 2016

Empresários de Maringá se reuniram, na última sexta-feira (5), com o reitor Mauro Baesso e o vice-reitor Júlio Damasceno, entre outros representantes da Universidade Estadual de Maringá (UEM), para uma conversa sobre parcerias nas áreas de tecnologia e inovação.
 

Mauro Baesso destacou a valorização da pesquisa na Universidade, salientando que a UEM é a terceira instituição de ensino superior pública do Brasil com mais pesquisas na área tecnológica. Segundo o reitor, já foram investidos cerca de R$ 70 milhões na aquisição de equipamentos neste segmento.

De acordo com ele, há mais de mil professores com doutorado na Universidade desenvolvendo pesquisas e é de interesse, tanto dos empresários como da reitoria, criar uma ponte que beneficie a parceria entre ambos.
A assessora especial do Núcleo de Tecnológica (NIT), da UEM, Graciete Matiolli, falou sobre a nova lei do Marco Legal, que torna menos burocrática a interação com as empresas por facilitar o processo de acordos. A assessoria defendeu o início desta interação.

Após a reunião, os empresários visitaram a Agência Inova UEM, cujo bloco está em fase final de reforma, planejado para ser um local que centraliza as funções da área tecnológica, tanto de equipamentos e funções administrativas. Além da Agência como forma física, há também a plataforma on-line para fazer uma ligação entre as empresas e a Universidade.
Falando em nome do grupo de empresários, o presidente do Sindimetal, Carlos Walter Martins Pedro, agradeceu a relação próxima com a reitoria e disse entender que, com o apoio da universidade, as demandas empresarias podem melhorar.

 

 
NOTÍCIAS
Vagas para estagiários na UEM
Central de Estágio

Cadastro
Vagas disponíveis

Pesquisar no site


Opening the Archives/
Abrindo os arquivos
O Opening the Archives Project é um esforço conjunto da Brown University e da Universidade Estadual de Maringá para digitalizar e indexar 10.000 documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil produzidos entre 1963-73 e torná-los disponíveis para o público em um site de acesso livre.