Skip to content

UEM - Universidade Estadual de Maringá


Índice de Sites
Você está em: Home arrow Perfil

Perfil da Universidade Imprimir E-mail

A Universidade Estadual de Maringá está localizada no Noroeste do Paraná, região com mais de dois milhões de habitantes. Está organizada nos câmpus de Maringá, Umuarama, Cianorte, Goioerê, Diamante do Norte e Cidade Gaúcha, além da Fazenda Experimental de Iguatemi, da Base Avançada de Pesquisa em Porto Rico e do Centro de Pesquisa em Piscicultura em Floriano.  Foi criada em 1970 e obteve seu reconhecimento em 1976. No final da década de 80, foram implantados os dois primeiros cursos de mestrado. Atualmente, oferece 52 cursos de graduação, 93 de especialização, 28 de mestrado e 12 de doutorado.

Ciência: É a primeira entre as universidades do Paraná, pela avaliação do MEC e está entre as 20 instituições com maior produção científica e tecnológica do País, com aproximadamente 700 projetos em andamento, 1.100 pesquisadores e 318 grupos cadastrados no CNPq. Com 93% dos docentes trabalhando em tempo integral e dedicação exclusiva, se desponta na graduação, na pós-graduação e nas parcerias com prefeituras, empresas dos setores público e privado.

Compromisso Social: Com reconhecimento comprovado, já graduou, aproximadamente 39 mil profissionais. A integração com a comunidade está assegurada por seus projetos de extensão, com intervenções na área da saúde, no exercício da cidadania, nas atividades recreativas e culturais.

Políticas de inclusão: Destacam-se, a formação de cooperativas de economia solidária por meio da Rede Unitrabalho; as assessorias prestadas aos municípios pelo Observatório das Metrópoles; a isenção da inscrição do vestibular para alunos de escolas públicas; o programa “Universidade Sem Fronteiras”, que atende aos municípios de baixo Índice de Desenvolvimento Humano; as vagas exclusivas para indígenas, o investimento nos cursos a distância. Também a implantação do sistema de cotas sociais e do processo de avaliação seriada - PAS.

Serviços à comunidade: A UEM realiza mais de 100 tipos de exames laboratoriais, atendendo 130 municípios, e produz medicamentos que são distribuídos aos postos de saúde. Mantém uma rede de laboratórios que analisa desde a taxa de penetração de produtos na pele humana até a qualidade da água, do solo, de grãos ou a resistência de materiais; o Centro de Controle de Intoxicações – CCI, que é referência em intoxicações e faz parte da rede nacional de informações da área; a Farmácia Ensino, que é referência na orientação do uso de medicamentos. Ainda oferece, atendimento jurídico gratuito à comunidade carente da Comarca de Maringá, além de cursos técnicos em música e de línguas estrangeiras pelo Instituto de Línguas - ILG - e Instituto de Estudos Japoneses – IEJ. Conta, também um Centro de Educação Infantil, e um Colégio de Aplicação Pedagógica.

Complexo de Saúde:
O Hospital Universitário está inserido em vários programas de saúde pública no País e é detentor do título de Hospital Amigo da Criança. Está certificado como Hospital de Ensino e hoje também presta atendimento de urgência e emergência à comunidade como hospital público regional. Juntos, HUM, Laboratório de Análises Clínicas, Hemocentro, e Clínicas Odontológica e de Psicologia, atendem mais de 160 mil pessoas anualmente.

A UEM encontra-se em plena expansão em todas as áreas, em sua estrutura física, na qualificação de seu corpo docente, na ampliação do acervo bibliográfico na divulgação de sua produção científica, nos laços com a sociedade, sempre em busca de uma Universidade de excelência. 



Última atualização ( 17 de outubro de 2011 )
 
NOTÍCIAS
Vagas para estagiários na UEM
Central de Estágio

Cadastro
Vagas disponíveis

Pesquisar no site

Instrumento de Avaliação
pelo Discente 2016
Prorrogado até o dia 31/05/2017
Acesse o site

Opening the Archives/
Abrindo os arquivos
O Opening the Archives Project é um esforço conjunto da Brown University e da Universidade Estadual de Maringá para digitalizar e indexar 10.000 documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil produzidos entre 1963-73 e torná-los disponíveis para o público em um site de acesso livre.