Skip to content

UEM - Universidade Estadual de Maringá


Índice de Sites
Você está em: Home

Empossados novos coordenadores no CEP Imprimir E-mail
07 de julho de 2014

  Os novos coordenadores e coordenadores-adjuntos do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEM foram empossados nesta segunda-feira, dia 7, pelo reitor Júlio Santiago Prates Filho e pela vice-reitora Neusa Altoé. O mandato será de dois anos. Em nome dos coordenadores que deixavam o cargo, Yolanda Shizue Aoki, agradeceu a todos que contribuíram com as atividades desenvolvidas, relatou os avanços e os desafios do CEP, como sistema de matrícula, internacionalização, mobilidade, dupla diplomação também para graduação, regulamentação do NDE (Núcleo Docente Estruturante), infraestrutura, contratação de docentes, entre outros. Já Itamar Flávio da Silveira discursou em nome dos que assumiam o cargo. Em seu sétimo mandato como coordenador efetivo, destacou que existem questões sem solução e recursos descabidos que atrapalham o andamento dos trabalhos. Conclamou os colegas a serem práticos e não darem vazão às reivindicações que estão fora da norma.  

 

O reitor, citando os discursos anteriores, disse que a universidade é um ambiente plural, onde não existe modelo ideal, mas variáveis infinitas. Comentou que o papel do CEP é fundamental e que a universidade está fazendo a diferença na graduação, na pós-graduação, na extensão que, segundo Prates Filho, é a face generosa da UEM e que leva o conhecimento fora muros. Listou alguns avanços da administração, como os recursos destinados à melhoria das atividades acadêmicas complementares, diário de classe on line, gestão integrada de projetos de curso, na apresentação de trabalhos no exterior, no desembaraço aduaneiro, na pesquisa. Citou os grandes desafios que ainda permanecem como a autonomia universitária e aporte de recursos federais para custeio. 

 
NOTÍCIAS
Vagas para estagiários na UEM
Central de Estágio

Cadastro
Vagas disponíveis

Pesquisar no site


Opening the Archives/
Abrindo os arquivos
O Opening the Archives Project é um esforço conjunto da Brown University e da Universidade Estadual de Maringá para digitalizar e indexar 10.000 documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil produzidos entre 1963-73 e torná-los disponíveis para o público em um site de acesso livre.