Skip to content

UEM - Universidade Estadual de Maringá


Índice de Sites
Você está em: Home
Estudante premiado por desenvolver espuma à base de sisal, bagaço de cana e casca de arroz Imprimir E-mail
28 de julho de 2015

O estudante Guilherme Piovezan Otto, bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), foi premiado em 1º lugar na categoria Bolsista de Iniciação Tecnológica, do 12º Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), na área de Ciências Exatas, da Terra e Engenharias.

Otto é aluno do curso de engenharia mecânica da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e teve a orientação da professora Silvia Luciana Fávaro, do Departamento de Engenharia Mecânica (na foto, com Otto). Ele desenvolveu o estudo Síntese e caracterização de espuma à base de fibras naturais para aplicação em material compósito sanduíche, sob a co-orientação do professor Eduardo Radovanovic, do Departamento de Química.O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Engenharia Mecânica, em parceria com o Laboratório de Química de Materiais e Sensores do Departamento de Química.

O estudo premiado propôs a síntese de espumas contendo fibras de sisal, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz. As espumas foram sintetizadas substituindo por fibras naturais até 20%, em massa, do glicol usado convencionalmente nas espumas de poliuretana. As fibras foram previamente mercerizadas com hidróxido de sódio e peróxido de hidrogênio para retirada de lignina e hemicelulose. Para avaliar a influência da adição desses materiais nas propriedades mecânicas das espumas, utilizou-se um planejamento de misturas do tipo simplex centroide, empregando-se como resposta a resiliência, a força de indentação, a deformação permanente, o teor de cinzas, a densidade, a porosidade e o grau de intumescimento.

As análises mecânicas indicaram obtenção de espumas com excelentes valores de resiliência, módulo elástico e resistência à compressão permanente – valores esses adequados à aplicação da espuma como material absorvedor de impacto. As espumas com melhores resultados foram obtidas pelas formulações contendo apenas casca de arroz e contendo uma mistura de proporção 82/18 (em massa) casca de arroz/bagaço de cana-de-açúcar. Os materiais desenvolvidos possuem características que possibilitam a sua aplicação na fabricação de núcleos em compósitos sanduíches, além de apresentarem potencial para produção de colchões, travesseiros, móveis, isolamentos termoacústicos, bancos de automóveis, entre outros. 

 
NOTÍCIAS
Vagas para estagiários na UEM
Central de Estágio

Cadastro
Vagas disponíveis

Pesquisar no site


Opening the Archives/
Abrindo os arquivos
O Opening the Archives Project é um esforço conjunto da Brown University e da Universidade Estadual de Maringá para digitalizar e indexar 10.000 documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil produzidos entre 1963-73 e torná-los disponíveis para o público em um site de acesso livre.